Caipira de verdade

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Caipira de verdade

E lá num canto de mato
Que eu vivo sossegado
Tenho deus junto comigo
E os anjos da guarda ao meu lado
Minha casa e simplesinha
Parede de barro amassado
Mais todo dia no almoço
Tem franguinho temperado

O sertão e a veia artéria
Da nossa sociedade
De lá que vem o sustento
Pros amigos da cidade
Lá eu curto a natureza
E sinto muito a vontade
O sangue de minhas veias
E de caipira de verdade

Tenho três porcas de crias
Com mais de trinta leitão
Conserve os porcos de seva
Gordo rolando no chão
De manha eu jogo o trato
E fico olhando contente
Meu prazer é ver a porcada
Estalando milho no dente

Quando o sol vai dando adeus
Para o dia que termina
Eu pego a minha viola
Que tem a cintura fina
Vou dando meus repicados
Três pra baixo três pra cima
A beleza da viola
E o bordão e a turina

Antes de pegar no sono
Rezo terço ajoelhado
Para agradecer a Deus
Por mais um dia passado
Junto com a companheira
Pegamos no sono abraçado
Esta e a vida de um caboclo
No sertão abençoado

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Author: Thiago Vilasboas

Deixe uma resposta