Itajubá dos velhos tempos

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Itajubá dos velhos tempos

Itajubá, Itajubá
Dos velhos tempos
Saudade me dá

Quanta agua saudável, que vinha da serra dos toledo.
Não era tratada não era filtrada mas a macacada
Bebia sem medo, hoje nós bebe agua com cloro eu ignoro
De onde ela sai se der bobeira com a torneira o talão
Da copasa te passa pra trais

Quanta saudade do trem pacatito
Com seus apitos fazendo alarma
Todas as manhãs cortava a cidade
Levando o operário na fabrica de arma
No lugar da linha que passava o trem
Hoje só tem rua esburacada
Hoje só temo por condução
Um velho bondão
Sem hora marcada

Quanta saudade do Sapucaí
Com suas aguas clara sem poluição
O rio que era grande, hoje é tão pequeno
Soltando veneno na população
Quanta saudade do smart e uracan
Das grandes torcidas e dos bons jogador
Mas hoje em dia só tem uns perneta
Não vale o ingresso que ajente pagou

Quanta saudade do bar acadêmico
Do cine apolo e do beco do sací
Os fins de semana era mais gostoso
Porque o nosso povo tinha onde ir
Prefeito sem falha na sua gestão
Deixou a saudade
Pro nosso povão

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Author: Thiago Vilasboas

Deixe uma resposta