Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

NHÔ BASTIÃO (BONEQUINHA)

Zé Campeiro

CANAL DO YOUTUBE

LETRAS

MÚSICAS
QUE
INSPIRAM

Nhô Bastião (Bonequinha)

Toda vez que vai chegano o natá
Eu fico triste ao invéis de me alegrá.
E quando conto essa história, inté dói o meu coração
Pois parece vir na memória a imagem do Nhô Bastião.

Nhô bastião era um cabocro forte, sacudido e trabalhadô.
Eu me lembro dele,
Ele era sortero mas dispois se casô.

E o pobre, não teve lá muita sorte na sua união.
A sua mulherzinha andava sempre tão doente
Com uma tossinha impertinente… (cof cof cof)) coitada….

Ia sumindo dia a dia.
Por mais que Nhô Bastião rezasse, rogando a virge maria
Pra mó de lhe dar pelo menos um pouquinho de alegria…..

Pois seu consolo era sua filhinha que fazia rir ou as veiz inté chorá……….
Nhô Bastião cansado. não tinha mais sustança pra mó de se aguentá.

Padeceu tanto quando sua muié morreu…qui ói.
Nem sei como é que não enlouqueceu..

E tava linda a noite de natá….
E por acaso eu vi o Nhô Bastião andando à toa pelas rua do arraiá.
Cabeça baixa, só torcendo as mão…

De repente ele estacou na vitrine e começo a oiá, oiá, oiá
Tava ele de certo pensano na sua filhinha que herdou da mãe a peste pulmoná.

Mas o que o pobre haverá de fazê?? Porque dinheiro….. há muito tempo que num tinha
E assim um pouco meio desajeitado, chegou pro dono da loja e falou :
-“Será que o sinhô podia (he he he) …Será que o sinhô podia me vender aquela bonequinha?
Eu juro seu moço, eu juro que é pra mó di eu alegrá a minha filhinha”…….

Mas o dono da loja negou…
-“Se nem emprego você tem……Você é um pobre João Ninguém…
Como é que vai me pagar”?

E o Nhô Bastião saiu soluçando
Mas logo dispois ele vortô correndo e foi entrando.
Agarrou a bonequinha e saiu na disparada
Iguarzinho um cavalo de raio …Galopando…

E o dono da loja gritava:
-“Ê mardição!! Pega gente, Pega esse ladrão!
Eu não posso ser roubado”…

E com o sargento marchando na frente,
Lá se foi aquele bando de gente
Prá prender, matar e castigar o Nhô Bastiao, prele nunca mais sê ladrão.

E no caminho cada um pensava do seu jeito….
-“Carece uma boa surra né?”!
-“Surra que nada rapaiz! Unóis devia era rebentá cuesse sujeito”!

Mas quando chegaram na casa do Nhô Bastião, aquilo que se passou nem é bão expricá.
Eu só sei que o sargento valente
Ia garboso marchando na frente,
Deixou o revorve cai das mão.

Quando empurraro a porta ,
Avistaram a menininha morta

E o pobre pai a rezá..
E o anjinho, parecendo que sorrindo agradecia o presente de natá.

BIOGRAFIA


Campeiro

MINHA HISTÓRIA

Desde a mais tenra idade, o menino Luiz já mostrava aptidão com os instrumentos musicais. A mãe tocava acordeom e o menino encantou-se pela sanfona, que aprendeu a tocar apenas observando a mãe Além disso, era dono de uma voz afinada e melodiosa.


MAIS
SOBRE MIM

CONHEÇA MAIS

Follow on Facebook
Follow on Twitter
Follow on Pinterest
Follow on Spotify

FALTOU ALGUMA MÚSICA?
Entre em contato

Received!

We’ll answer your questions in the shortest amount of time humanly possible.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.